quinta-feira, 31 de março de 2016

O que é o tal do Crush? Crush Literário - Gui Margutti

 Olá Conectados,

 Ultimamente temos ouvido tanto a palavra CRUSH. Até o Padre Fábio de Melo estava no snapchat pergutando sobre o que é o tal  do#crush. Afinal, o que ou quem é o tal Crush?

 A Palavra Crush vem do inglês. "To ​press something very hard so that it is broken or destroyed". Se traduzida para o português quer dizer algo como esmagamento ou colisão. Mas, na gíria ela está relacionada a estar perdidamente apaixonado por alguém.

 Então, essa palavra, que não sai da boca e nem dos tweets da juventude, está relacionada a uma "paixonite aguda". Sacou? ;)

 Se alguém está perdidamente apaixonado, por uma pessoa que tem total chance de esmagar seu coração, esse alguém está muito a fim do #Crush.


 A internet está infestada com essa hashtag. É impressionante como as pessoas postam no twitter sobre a dificuldade de conquistar ou lidar com o crush.

 E quem aí irá dizer que os booktubers, ou os nerds dos livros, não são descolados e "tudo trabalhado na gíria"? A galera lê muito, mas está ligadinha em tudo que acontece nas redes sociais.

 Eu gravei para o youtube uma tag que se chama Crush Literário. Fui convidada pelo booktuber Vini Coelho e adorei, porque achei esse desafio divertidíssimo. 

 Porém, logo após subir o vídeo no youtube, acabei descobrindo que o criador dessa brincadeira é um youtuber chamado Paulo Ratz. Ele se inspirou em postagens do twitter para criar essa tag.

 Depois que ele lançou o desafio, vários booktubers adoraram a tag e gravaram videos respondendo às perguntinhas.  Vou compartilhar com vocês meu vídeo e também deixarei abaixo o canal do Vini Coelho que me convidou para responder e do Paulo Ratz, criador da tag.

 Por hoje é isso conectados. Espero que gostem e já sabem.... Se gostarem deixem aquele joinha de amor e comentários de amor. 

Beijos




Canal do Vini Coelho

Canal Livraria em Casa

quarta-feira, 23 de março de 2016

Guia Para Ler O Livro S. de JJ Abrams e Doug Dorst - Com Um pouco de Spoiler

                   Olá Conectados, (Post Editado em 26/09/2016)
  


   Vamos seguir falando do livro S. ?


Você poderá gostar de: Baguncei todas os anexos em S. e não encontro as páginas! 

 Antes de qualquer coisa, preciso dizer que "S." é  5* (estrelinhas). Esse livro de ‪‎JJAbrams e DougDorst‬ é fantástica!!! Não creio nem que seja possível chamar S. de livro, mas sim de Obra. 

 Se você não sabe absolutamente nada sobre "S"., leia primeiro uma breve explicação (minha) sobre esse quebra-cabeça literário aqui, e depois volte para esse texto, ok?
.
 Se você já leu ou está lendo "S." continue nessa página e não se preocupe que eu o avisarei antes de dar Spoiler .

 Eu terminei ontem a leitura do livro. Mas,não é justo afirmar que o acabei. Pois, esse é aquele tipo de ‪‎livro que nunca termina, realmente. Passarão anos e ainda estarei tendo conversas com leitores de S., sobre possíveis respostas, possíveis intenções ou possíveis "significados". 

 Esse livro tem uma vibe meio Snape, da saga Harry Potter... "After All That Time? Always." (Fãs de HP entenderão)

 Então, vamos ao que realmente interessa, aqui.


 A maneira correta de ler S? 

 Não existe uma única e os próprios autores do projeto confirmam isso. Mas, posso compartilhar a forma como fiz a minha leitura para conseguir solucionar aos mistérios propostos pelo livro-jogo. 

 Após ler 5 capítulos de 3 formas diferentes, resolvi que seria melhor ler o livro em 4 fases.

4 fases, é assim que vou sugeri-la. (Depois compartilhe sua experiencia comigo)

Ah, Gui! Mas, assim irá demorar muito! Por que não ler tudo de uma vez? 

 Primeiro, caríssimo conectado,  porque Jen e Eric (personagens da história paralela) fazem várias referencias a acontecimentos de capítulos futuros. Não será possível que você compreenda tudo o que eles estiverem falando, sem ter lido tudo sobre o livro que eles estão conversando.

 Essa é uma obra rica em detalhes. Não é um livro para ser lido com pressa. Eu vi gente dizer que o leu em uma semana. Eu demorei pelo menos 20 ou 25 dias. Tudo depende do seu tempo. Mas, ele não é um livro para ser lido de maneira corrida e sem prestar atenção aos detalhes. 

Então acalme-se; saboreie e curta essa leitura única! 



A forma como eu (Gui Margutti) sugiro:

Fase 01

 Explorar a obra. Explorar no sentido de apreciar cada pedacinho. Observar caixa "S.", o livro " O Navio de Teseu", a lombada, os anexos (sem tirá-los da ordem) e maravilhar-se com a composição dela.  

 Aqui uma dica importante. Recomendo que você coloque clipes, sem apertar muito, para assegurar que os anexos estejam nas páginas corretas. Mas, caso você se perca na ordem, pode falar comigo que te ajudo, ok?

 Feito isso, inicie a leitura pelo livro central, sem pressa, por completo. Leia O Navio de Teseu (ONDT), incluindo notas de rodapé e anotações a lápis de Eric. Na parte a lápis está voz solitária de Eric, antes da entrada de Jen na história. Dê bastante atenção à introdução do livro.

Recapitulando. Fase 01 - Livro Principal + Anotações solitárias de Eric.

Fase 02

 Aqui, é hora de ler a historia localizada nas margens do livro, de Jen e Eric, escrita em lápis, caneta azul e caneta preta. Essas cores mostram o diálogo inicial entre eles.  Lembrando que essa é uma história não linear. Identificar as cores das canetas irá te ajudar a entendê-la cronologicamente. 

 Nessa fase 2, antes de iniciá-la, releia o prefácio para fixar os nomes dos possíveis candidatos  ao misterioso Straka. Anote-os para se familiarizar bem!

 Dessa vez, reler as notas e abrir documentos, que estiverem relacionados às anotações dessa fase. (Fase: lápis, caneta azul e caneta preta). 

 Sabemos que há vários ‪#‎enigmas, tenha em mãos papel e caneta para anotações.

Fase 3

 Leia a história escrita à caneta nas cores verde e laranja, assim como em roxo e vermelho. Você deve se lembrar de que as cores servem para dar uma perspectiva cronológica. Dê atenção às notas de rodapé relacionadas e aos documentos anexados propostos às anotações de cada cor.

Fase 4 (Onde a mágica acontece! ;] )


 Leia, novamente o prefácio, e perceba que algumas coisas, agora, te farão sentido. Nessa fase, siga as anotações em preto, aquela com caneta mais densa. No livro dá para identificar certinho a diferença de textura.

 Nessa ultima etapa você já estará com bastante informação e inclusive com suas próprias anotações. Você conseguirá responder a várias perguntas. 
 Você já saberá:

* Quem é FXCaldeira
* Quem tem mais chances de ser Straka
* Quem é o homem que persegue Eric
* O que houve com Sola
* Quem é o homem que persegue S.
* O desfecho de ONDT e várias outras coisas. 


 Esse será o ponto onde você se sentirá realmente compreendendo o livro.  


 Contudo, querido conectado, é aqui que começarei a dar spoiler. Dessa forma, se você ainda está lendo o livro, melhor salvar esse site nos favoritos e voltar para me visitar quando estiver terminado. =)

Importante você saber que aqui tb há dois vídeos importantissimos. Um explicando como Ler S., caso esse post não tenha sido suficiente e outro explicando como Usar a Roda de Eotvos. 

Basta Rolar a Página Até o Final. Mas, o segundo vídeo só recomendo que você assista após concluída a leitura do livro. =)

Ah, só um detalhe antes do Spoiler: Todos os anexos são utilizados!!! ;D Boa leitura!




*****************************************************************

 Todavia, nessa fase 04, a indicação é ler, novamente, o prefácio e  todas as anotações em preto. Há várias pistas que só somos capazes de perceber quando lemos novamente. 

Spoiler: Na página 3 do capítulo 01 Jen deixa uma importante pista sobre a Roda de Ëotvös. Eu só percebi essa pista na fase 4 e você?

 Eu sugiro que, nessa fase,  você leia o que é escrito pelos dois com caneta preta. Esses diálogos escritos em preto sugerem que Eric e Jen estavam juntos quando escreviam, já que a caneta usada parece ser a mesma.

Estando juntos, já não haveria mais necessidade de escrever no livro, mas essa forma de comunicação, a escrita, parece ter se tornado algo super importante para ambos. E, obviamente, para o desfecho da obra. Nós, leitores, agradecemos!!  

 Considerações:

 O livro responde a todas as perguntas e a todos os enigmas? Não, não responde. Mas, talvez essa seja justamente a proposta. 
As perguntas vão muito além do livro, elas dependem de cada leitor, sempre dependem. 

 Mesmo que em S. sejamos conduzidos a observar leitores. A ler através dos olhos de outros leitores (Jen e Eric)... Algumas questões serão próprias de cada leitor e de seu contexto.

 Alguns leitores farão analogia de S. com a linguística e às diversas teorias sobre signos, significados e significantes. Outros levarão a Jung (assim como eu) ou a outras áreas da filosofia. E haverá aqueles que encontrarão a forte ligação com o Mito do Navio de Teseu.

 Eu, não encontrei  ligação com a mitologia grega de forma tão representativa, como eu esperava. Esse paradoxo não foi tão relevante para minha leitura, mas cada leitor é dono de sua leitura.

 Porém, muitas coisas em S podem significar muito e podem significar nada. O próprio livro cita o "Macguffin", o termo de Hitchcock, na pág. 69 do cap.03, que diz que o "objeto serve apenas de pretexto para avançar na história". Traduzindo: Serve para embromar! ;D

 Algumas questões do livro se misturarão com as nossas próprias questões: Quem foi ‪#‎Straka‬? Quem foi ‪#‎S‬? Quem foi ‪#‎FXCaldeira‬? Por que sempre 19? O que tem o macaco a ver com a historia? O livro realmente remete ao paradoxo filosófico do ‪#‎NaviodeTeseu‬? Todos os documentos são usados? Tudo que parece pista é? ELA sabia ou não? ELE sabia? É uma história de amor? Há realmente metáforas ou analogias filosóficas? A tal tinta o que representa?
.

 Enfim... há muito mais perguntas que respostas. Há muito que se pesquisar fora da caixa. 


Se você ainda está lendo o livro, sugiro que pare de ler a esse texto agora para que não receba spoiller sobre a Roda, ok?

Deixarei aqui um vídeo explicando direitinho como ler o livro.  E depois que vc já tiver avançado na leitura... Pode voltar aqui e continuar a ler todo o post. Salva aí nos favoritos! <3




 Se ele sabia e por isso deixou o recado, muda tudo? (Essa pergunta é para quem desvendou a Roda!) 

 Spoiler: Uma das coisas que me deixou intrigada foi que Filomena deixou pistas, no capítulo 10, para uma mensagem deixada na Roda de Ëotvös (anexo do cap. 10)

 Para encontrar essa frase, você precisa buscar na internet as coordenadas, localizações dos lugares citados nas notas de rodapé do cap. 10. Caso você não encontre essas coordenadas deixe um comentário aqui e eu te passo, ok? Deixar aqui de mão beijada, seria tirar toda a graça, não acham?

 Mas, se você quiser muito que eu facilite sua vida e já tiver concluído a leitura. Deixo aqui um vídeo que gravei explicando a Roda. Mas, só assista se já tiver lido o livro, ok?  Senão comece pelo vídeo 01. 


 Se você quer entender S, terá que recorrer à pesquisa. Tanto na internet como falando com quem já leu. Eu perdi noites sem dormir conversando com leitores de S., e valeu muito à pena!

 Algumas coisas não terão respostas e outras deixarão margem para respostas futuras. Quem sabe um próximo livro ou respostas soltas pelos autores do projeto nas redes sociais, quem sabe? Fiquem ligados no Twitter do Doug Dorst, que está sempre soltando algo.

 Contudo, logo de início já recebemos a orientação de que "manter o foco no escritor e não na obra, desonra ambos". 

 Talvez aqui, preocupar-se demais em encontrar todas as respostas seja desmerecer a grandiosidade da obra de Abrams e  Dorst.  É claro que o livro é sensacional, mas a experiência de ler algo assim é muito mais fantástica que a história em si. ‬ 

  Spoiler: Uma dúvida que ficou comigo foi que se a Roda é a chave para entender Coriolis, como Jen mencionou, significa que a roda já havia sido usada por Straka para o livro anterior. Será que a frase na roda não poderia ser uma resposta de Filomena a alguma mensagem que Straka enviou a ela através da roda? 

 Será que ela estava enviando uma mensagem ou respondendo a uma mensagem de Straka? Ela poderia estar mostrando a ele que encontrou a mensagem dele para ela? 

 Se ela sabia que ele a amava,tudo ganha outro sentido. Entendem? Não me recordo a página, mas Eric menciona sobre algo que Filomena não quis responder e disse que era um "segredinho nosso"(dela e de Straka). 

 Percebam que esse é um livro que não tem fim. Sobre "Siga o Macaco"? Eu o vi como um Arquétipo, mas Eric e Jen parecem saber algo que não nos revelaram. Já que ela diz, na pg. 434, "Imagine se você soubesse sobre o macaco na época"? 

 Sobre o Significado da tão falada tinta? A tinta e a Substancia me levaram a pensar profundamente no trabalho do escritor.

 São tantos pontos relevantes e que dariam varias discussões, e poderíamos cariar outros livros só para discutir S

   Para mim, o mais importante é que Sim, é absolutamente verdade, sobre S. ser uma "declaração intensa de amor à palavra escrita"💘📚

 E, ao final do livro, como ‪#‎leitores‬ apaixonados que somos, podemos entender perfeitamente o quão grande é esse amor. O quão importante é a palavra escrita.

. Se posso resumir a experiencia que vivi ao ler a obra S.?
.
 Foi incrível, intrigante, inovador e o livro ainda está em mim!
.

Deixa seu comentário aqui pra mim! =D

domingo, 20 de março de 2016

Livro A Sorte do Agora de Matthew Quick - Book Review - "Resenha"

Olá Conectados!

Hoje quero compartilhar com vocês minhas impressões sobre esse livro delicioso de ser lido. A Sorte do Agora de Matthew Quick.
Então, vamos à sinopse e depois às minhas impressões. =)

Bartholomew Neil passou todos os seus quase 40 anos morando com a mãe. Depois que ela fica doente e morre, ele não faz ideia de como viver sozinho. Wendy, sua conselheira de luto, diz que Bartholomew precisa abandonar o ninho e fazer amigos. Mas como um homem que ficou a vida toda ao lado da mãe, indo com ela à missa e à biblioteca, pode aprender a voar?O homem então descobre uma carta de Richard Gere na gaveta de calcinhas da mãe, e acredita ter encontrado uma pista de por que, afinal, em seus últimos dias a mãe o chamava de Richard... Só pode haver alguma conexão cósmica! Convencido de que Richard Gere vai ajudá-lo, Bartholomew começa essa nova vida sozinho escrevendo uma série de cartas altamente íntimas para o ator. De Jung a Dalai Lama, de filosofia a fé, de abdução alienígena a telepatia com gatos, da Igreja Católica aos mistérios femininos, tudo é explorado nessas cartas que não só expõem a alma de Bartholomew, como, acima de tudo, revelam sua tentativa dolorosamente sincera de se integrar à sociedade.Original, arrebatador e espirituoso, A sorte do agora é escrito com a mesma inteligência e sensibilidade de O lado bom da vida. Uma história divertida e inspiradora que fará o leitor refletir sobre o poder da bondade e do amor.

Eu postei um vídeo no canal falando sobre esse livro e deixarei o link abaixo para que vocês possam assisti-lo. 


https://www.youtube.com/watch?v=oGueV0cwYoE




Esse é um livro daqueles que a gente lê de uma forma tão leve e sem nenhum esforço. Com uma linguagem fluida e de forma surpreendente somos fisgados logo nas primeiras 15 páginas.

Bartholomew é aquele tipo de personagem, que mesmo vivendo uma situação triste (o luto pela perda da mãe), tem uma capacidade especial de lidar com a vida. Essa é a história de homem e das pessoas que ele encontra pelo caminho, que juntas tentam descobrir como seguir adiante. 

Um livro sobre recomeço, de uma forma extremamente sensível, cativante e para cima. O mais surpreendente é que mesmo em meio ao "desajuste  social" de seus personagens e à busca pela integração social, esse não é um drama ou um livro triste.

É um livro de reflexões que vão desde religião aos pequenos contratempos do dia dia, numa perspectiva absolutamente positiva e inspiradora.

Você irá se emocionar com Bartholomew, torcer por ele e se divertir com suas reflexões profundas, mas propostas deliciosamente com doses de astucia e até a ingenuidade de um criança.

O que posso dizer mais, além do que disse aqui e no vídeo ali em cima?

Leia esse livro! ;)



Por hoje é só! 

Beijos e não se esqueça de conversar comigo aqui ou nas redes sociais.

segunda-feira, 14 de março de 2016

Livro S. - O Navio de Teseu de JJ Abrams E Doug Dorst - Livro Desafio - Como ler S. ?

Olá Conectados! (Post Revisado em 26/09/2016)

O jogo começou!!! 
 😊

      O Livro S. , de JJ Abrams e Doug Dorst, NÃO é apenas um #livro é um #quebracabeçaliterário . É um jogo!
Esse é o Primeiro post sobre essa obra fantástica. S., no Brasil, foi produzido pela editora Intrínseca. 

Se você está lendo esse livro ou pretende ler, sugiro que salve o blog nos favoritos (Há muitas postagens aqui sobre S.). 

À medida em que você avançar nessa leitura suas dúvidas aumentaram, e conversar com quem já leu o livro se fará extremamente necessário. =)
Quem me acompanha no Instagram soube que há alguns dias ganhei de presente esse livro da Lu, uma amiga linda. Inclusive eu o mostrei no book haul de fevereiro. 


 Então conectados,agora é oficial: O Jogo Começou!

 Eu quero dividir com vocês tudo sobre essa experiência , que estou vivendo, na esperança de ajudá-lo a entender o Livro-Desafio ou Livro-Jogo.


Então, vamos entendê-lo.
O livro S. é uma obra de J.J. Abrams em parceria com Doug Dorst. 

J.J. é aquele mesmo que você pensou, aquele de Hollywood. Em seu currículo estão diversas obras como: Lost,  Alias e Felicity — além da direção de dois filmes da franquia Missão Impossível e do sétimo episódio da saga Star WarsO Despertar da Força.

Você pode até já ter lido muitos livros com enigmas ou livros interativos, mas duvido que você não se surpreenda com S. Esse é um livro totalmente peculiar e diferente. 

Então, vamos explicá-lo, sem mais delongas.

Primeira Surpresa: Você compra o livro S, mas percebe que o que vem dentro da caixa é um livro com outro nome. 





A caixa S. é praticamente a embalagem do livro. Ela traz dentro: 

 * O livro "O Navio De Teseu"  e lá você não encontrará como autores a dupla, Abrams e Dorst; e sim, outro ator, chamado V.M.Straka.

 * Diversos Anexos (desde postais até bilhete em guardanapo
 de papel) Fantástico!!!

 * A Historia de Jen e Eric contada nas margens de todo livro (Anotações À Caneta).

 Mas, porque essas anotações? O que Eric e Jen tem a ver c o Navio de Teseu?
 O Navio de Teseu é um livro escrito pelo autor fictício V. M. Straka. O livro conta a historia de um homem desmemoriado que enfrenta uma grande jornada na busca por informações sobre quem ele é. 

Assim, conhecemos o primeiro enigma. Quem é S.??
 No entanto, esse é apenas o primeiro enigma, ou apenas mais um deles. O livro vem cheio de anotações  e rabiscos em suas margens. Essas anotações contam uma historia paralela entre dois jovens, Eric e Jen.
Foto - Arquivo Gui Margutti

 Eric é um estudioso da obra de #Straka e Jen é uma estudante de literatura que frequenta a mesma biblioteca. Eric teria "esquecido" esse livro lá, e o mesmo acabou caindo nas mãos de Jen. 

A moça, percebendo algumas anotações à lapis, resolveu respondê-las. Quando Eric vê que outra pessoa rabiscou o livro, ele inicia um diálogo com a pessoa que teve a audácia de rabiscar o "seu" livro.


 Eric já leu e releu diversas vezes o livro, no interesse de saber mais sobre o autor da obra. (Detalhe: O livro é todo produzido para parecer um livro bem velho e de biblioteca). A editora Intrínseca arrasou!
 Straka, esse autor fictício, foi um homem de identidade misteriosa e com um currículo de obras polêmicas. Seus #livros estiveram  ligados a boatos que envolveram conspirações, governos, grandes empresários, sabotagens e assassinatos. 

 Através de mensagens rabiscadas no livro, "pertencente à biblioteca", os dois jovens (Eric e Jen) desenvolvem um grande diálogo sobre o paradeiro de Straka e sobre a veracidade das notas de rodapé escritas por #FXCaldeira.


  FX seria um tradutor brasileiro que teria trabalhado anos com Straka, e é quem informa a morte do autor, logo no prefácio do livro. Teria sido também quem "concluiu" o #NaviodeTeseu. Já que o Straka teria morrido na noite em que os dois iriam se encontrar para discutir o #capitulofinal

  Totalmente estranho e suspeito. Não acham? 
😒
  Pois é! Eric e Jen também concordam que isso é totalmente estranho. 
 Dessa forma, eles investigam o livro e outras fontes, à exaustão, para tentar desvendar essa morte ou paradeiro misterioso, de um homem que pode ter sido silenciado por qualquer um. Já que sua obra sempre foi cercada de acontecimentos nebulosos. Ele também poderia ter fingido sua própria morte? Esse é outro enigma do livro.
A obra produzida por J.J.Abrams em parceria c DougDorst traz a proposta de que o #leitor brinque, leia, fique confuso, intrigado e excitado para desvendar essas 2 ou 3 historias. ( Depende do ponto de vista)
 Produzido nos EUA em 2013, precisou de 2 anos e uma equipe totalmente competente para adaptar e traduzi-lo, em razão da complexidade de detalhes.
 A ‪‎Editora Intriseca arrasou na edição e impressão. Precisarei de mais fotos só para falar da qualidade do material. Então, deixarei isso para as próximas postagens.
Quanto a nós leitores ... Seremos também os jogadores desse curioso, interessante e aparentemente divertido livro incrível
A forma correta de lê lo em meio a tantos rabiscos, anexos e pistas? 
Não existe uma única. Mas, nos próximos posts você encontrará a forma que eu utilizei para desvendar esses mistérios.
.😉 


Hoje, só posso dizer que me parece um desafio divertido. ;)

Se você gostou, se quer ler, se já leu ou se lerá S. me conte aqui nos comentários ou me envie um email! =)))



Após começar a sua leitura, sugiro essas outras postagens aqui do blog e videos. =D



Gui Para Ler S. Basta Clicar no link! Como Ler S.



*Vídeo Para Quem Quer Entender o Livro S. O Navio de Teseu. (Clique no Play ou Assista Pelo Youtube) 




Vídeo Para Quem Já Leu o Livro S. O Navio De Teseu e Não Compreendeu a Roda de Eötvös. (Clique no Play ou Assista Pelo Youtube) 





quinta-feira, 10 de março de 2016

Vlog Joinville - Santa Catarina e Jardim Amelie La Délicatesse


 Olá Conectados!


(Post Editado)


Ontem, dia 09 de Março foi aniversário de Joinville. Após ver alguns vlogs no youtube sobre essa data, eu me lembrei de que eu já havia feito um post aqui no blog sobre essa cidade tão linda e organizada. Resolvi Repostá-lo. =D

 Faz muito tempo quero escrever um post sobre Joinville e uma de suas cafeterias (Provavelmente uma das mais encantadoras EVER),  a encantadora Jardim Amelie La Délicatesse .  


Foto Reprodução - Facebook Jd. Amelie
  Quero falar da cafeteria, mas quero contar que encontrei uns trechos de vídeos que salvei da cidade para o meu grupo de whats app e fiz uma espécie de minivlog Joinville. Quase um sanpchatvlog, rss!  Basta clicar no botão, na foto abaixo, para assistir.


 Dessa forma, posso mostrar um pouco a vocês desse lugar adorável que é a Jardim Amélie e pedaços de Joinville que é linda.

Foto Reprodução - Facebook Jd. Amelie


Joinville é uma cidade que vale à pena incluir no roteiro de viagem à Santa Catarina. É limpa, organizada, tem diversos restaurantes legais, tem museus super legais, feiras e eventos  importantes, como o festival das orquídeas (divino); é uma cidade industrial e com uma arquitetura diferenciada.  Ainda sobre eventos, a cidade tem o maior evento de dança do país: o Festival de Dança de Joinville. A dança, aliás, é um dos cartões postais joinvilenses. A cidade como o próprio site da prefeitura diz "se orgulha de sediar a única filial do Teatro Bolshoi de Moscou."

 Colonizada por alemães, suíços e noruegueses, Joinville mantem as suas origens na arquitetura, na cultura, na gastronomia típica e podemos dizer que na forma como trabalha para o desenvolvimento.  É a maior cidade catarinense, também é  o maior polo industrial do estado.









Eu diria que Joinville agrada desde turistas com interesse histórico, (Museu Nacional de Imigração) e aos com interesses mais ligados à natureza e à vida rural, em passeios à Serra Dona Francisca, à Estrada Bonita e às regiões do Piraí e Vale do Quiriri. Com excelente infraestrutura hoteleira e de comércio e serviços e grande atuação no turismo de eventos.


 Eu diria que Joinville agrada desde turistas com interesse histórico, (Museu Nacional de Imigração) e aos com interesses mais ligados à natureza e à vida rural, em passeios à Serra Dona Francisca, à Estrada Bonita e às regiões do Piraí e Vale do Quiriri. Com excelente infraestrutura hoteleira e de comércio e serviços egrande atuação no turismo de eventos.

Sobre a Délicatesse:


Foto Reprodução - Facebook Jd. Amelie
 Gente, a Jardim Amelie é a cafeteria mais fofa que eu já conheci em Santa Catarina. E olha que Santa Catarina tem lugares incríveis. Tem a Champagne Chocolat, em Balneário Camboriu, por exemplo que tem praticamente 10 em todos os quesitos. (Estou devendo um post sobre ela, em breve).

Foto Reprodução - Facebook Jd. Amelie

 Mas, falando da Amelie, o lugar é parecido com uma casinha de bonecas. Não há como não se encantar. Até os mais machões irão gostar, já que a comida é muito bem servida. Os pratos são generosos e os donos atendem muito simpaticamente. Apesar de ter lido no tripadvisor que alguns garçons são antipáticos, o que nos atendeu mesmo num dia de casa lotada, com fila de espera, foi super legal.

Então, é isso, deixo o vídeo para vocês! Se puderem assistam pelo youtube!

Beijos gente!!!
                                
   Link do vlog Joinville: https://www.youtube.com/watch?v=NiUjoaiXUvM



 
© Café da Alice - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thay Atallah.
Tecnologia do Blogger.