sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Vlog de Viagem e Dicas de Buenos Aires. O que você não pode deixar de fazer em Buenos?

Olá Conectados!

Andei meio sumida essa semana porque tinha alguns livros para terminar de ler e acabei mergulhando profundamente neles. Mas, estou aqui novamente porque adoro vir aqui e eu me sinto em casa! rss


 Essa semana subi um vídeo pro youtube (esse aí em cima) da nossa conexão em Buenos Aires à espera do voo que tecnicamente seria para Ushuaia, mas acabou sendo para Bariloche. Essa é uma longa história. Mas, para resumi-la:
 Nosso voo para Ushuaia foi cancelado quando já estávamos em BsAs e só poderia ser remarcado 6 dias depois. Teríamos que perder 6 dias das férias, até remarcar. As aerolíneas alegaram problemas com o tempo. O que acabamos não acreditando já que vôos de outra companhias voaram. No que eu acredito? Num outro post conto, pois não quero fazer um desabafo  e estressá-los hoje. 

 Enfim, para não perdermos a viagem, já que nossa mala era de inverno e que queríamos muito curtir a neve; acabamos decidindo ir para Bariloche. O que foi incrível, porque Bari é demais.

 Farei posts contando tudo sobre lá, para diverti-los, ou não, e dar algumas dicas a quem quiser viajar para  aquela região. Porém, hoje quero falar algumas coisinhas básicas de Buenos Aires. Eu amo Buenos e indico essa cidade para todo mundo. Penso que seja impossível não amar. Inclusive no canal do youtube tenho 5 vlogs de viagens sobre Bs As. 

O que você não pode deixar de fazer em Bueno Aires?

Vamos lá então...
  Quando estamos turistas, em minha humilde opinião, temos obrigação de fazer algumas coisas turísticas que  nos apresentem a cultura ou a identidade do lugar. Em, Buenos Aires , irei sugerir algumas coisas, mas não estão em ordem de mais importante para menos importante. Cada um sabe quantos dias tem e a plata disponível.

Ter um taxista confiável
Diferentemente do que recomendei em Santiago sobre o metrô, Buenos é uma cidade muito fácil para se conhecer a pé ou de táxi. Já que táxi lá é relativamente barato. É possível fazer a pé boa parte histórico-turística que fica entre Palermo, Recoleta, Centro, San Telmo, La Boca e etc. No entanto, se você tiver um taxista bacana pode fazer um city tour sem perda de tempo e, o que é melhor, de forma guiada, com explicações dos lugares. Se você usará táxi para se locomover do aeroporto ao hotel, a minha dica é: Agendar um taxista bacana, antecipadamente. Eu já caí no golpe do taxímetro desligado lá e fui enganada em relação às distancias. Pode acontecer em qualquer lugar, mas os taxistas lá, infelizmente, não tem boa fama.

 Eu pude conhecer, pessoalmente, 3 taxistas muito legais em Buenos Aires, que contatei antecipadamente através do facebook e de alguns blogs. Eu indicarei para vocês o Gustavo, que tornou se meu taxista de confiança lá. Além de super querido, atencioso, pontual e conhecedor da cidade; fala um excelente portunhol. Na primeira vez que estive em Buenos fiz um city tour noturno com ele e que super recomendo. Depois disso, ainda o contratei algumas vezes por hora para passearmos na cidade.
  Além de explicar sobre os locais, ele faz câmbio. O que facilita muito. Já contei em algum post que não gosto muito de ficar trocando dinheiro nas casas de câmbio. Dá aquela paranoia que alguém está me esperando lá fora imaginando "erroneamente" que estou cheia da grana por ser turista. (Só os loucos entendem essa parte) 
 O preço de cambiar com o Gustavo também é bem mais interessante. Vocês podem contatá-lo pelo whats app +54 911 62709211 e no vídeo, que postei acima,vocês poderão vê-lo. Se você tiver tempo para visitar a região vizinha a Buenos, como Lujan e Tigre, ele também é uma ótima opção.

   Assistir a um show de tango. 
 Essa é cliché, porém eu considero um crime cultural você ir até o país do tango e não assistir a um show. Se você puder gastar um pouco mais, há belos espetáculos no Madeiro Tango (vista incrível de Puerto Madeiro), Portenho, Carlos Gardel. Eu nem citaria Senhor Tango, porque já existem outros muito mais modernos. Esses que citei acima, são super produções e dessa forma são caros. Em média, acima de 100 dólares por pessoa. Mas, incluem jantar completo com vinhos ou espumante e sobremesa. Entre algumas opções menores e com preços bem mais atrativos está o tango do Café Tortoni. Essa cafeteria centenária é um local que deve ser visitado. É  um ponto turístico e histórico da cidade. Vale à pena uma paradinha para um café com tostado, ou churros, se preferir. A casa tem um pequeno, mas charmoso auditório com um show bem bacana. 
 Porém, para bolsos ainda mais enxutos a dica é assistir a um show de tango na rua. Há vários lugares onde você pode ver dançarinos mostrando toda sua arte, apenas esperando sua gentil gorjeta no chapéu. Um bom lugar para isso é o Caminito. A rua museu no Bairro La Boca é ponto obrigatório para a turistagem. Além de tudo que há pra ver, você pode tirar aquela foto piegas com o dançarino de tango (eu tirei) e pagar em média 30 reais por ela, como recordação. Lá há lugares legais para almoçar e comprar recuerdos. Se você for num domingo, com certeza, assistirá, gratuitamente, a algum show com tangueiros cantando e casal dançando. Sugiro começar o domingo ali, lá pelas 10 horas da manhã.

Caminito - Foto Clássica com Dançarino de Tango

Comer Muitoooo! Comer empanadas, comer medialuna, duce de leche, alfajor e comer parrilla (se você come carne). 

 Em Buenos come se muito bem! Se você é Brasileiro em Buenos não passará aperto, porque as comidas são muito parecidas. Com exceção do amor pelo feijão que eles não tem, a maioria das refeições são com carboidrato e carne, muita carne. Se você é vegetariano ou está diminuindo o consumo de carne como euzinha, aproveite e aprecie as confeitarias. As medialunas são fantásticas. Provavelmente seu café da manhã no hotel será regado a medialunas e doce de leite. Faça uso dos 2 juntos. Hummm, delicioso!

Oui Oui Foto - Reprodução: www.buenosairesparachicas.com/
  Mas, se você não tiver essa opção há excelentes confeitarias, em todo canto, principalmente no Bairro Recoleta. Recomendo duas como obrigação moral: Oui Oui e a Pani Bistrô  na recoleta. Dizem que são as preferidas das meninas, pelo charme. Porém, não são feitas somente de doce. Há diversos pratos salgados. Dizem ainda que são " lugares de mulherzinha com comida de macho". =D

Pani Bistrô Recoleta
 Sobre os doces: você encontrará um kiosko em cada esquina para se deliciar comprando alfajor. Todo mundo conhece Havana, mas a minha marca preferida é o Jorgito. Meu taxista, o Gustavo que citei acima, foi quem me apresentou e adorei. O Cachafaz mousse também é bom. Obviamente que eu não poderia deixar de dizer que você deve comer empanadas! Elas são de vários recheios. É uma espécie de pastel assado. Pode ser frita, mas geralmente é assada. A mais comum é a de carne apesar de existirem vários  outros recheios. É uma massa deliciosa e não adianta, no Brasil não é igual. Dizem que em Canasvieiras (Floripa) há um lugar com uma empanada tipicamente argentina. Terei que ir até lá para conferir. =D
 Os lugares mais tradicionais para comer empanadas estão no bairro de San Telmo. Super recomendo ir no domingo porque acontece a feirinha da Rua Defensa. Você pode fazer o circuito Caminito, San Telmo e feira da Recoleta.  É super gostoso passear em San Telmo. No cruzamento da Calle Defensa com a Calle Chile você pode tirar foto com a Mafalda e seus amiguinhos. Ah, e ainda comprar recuerdos na feirinha.



  Comprar livros e visitar a Livraria El Ateneo
 Obviamente que eu como apaixonada por livros comprei muitos livros lá. Mas, é interessante que em Buenos livraria e cafeterias estão sempre in. A cidade respira cultura e arte. Não é à toa que há tantos museus. Mas, se você tiver que escolher apenas uma livraria para visitar ou mesmo quiser comprar apenas um livro de tirinhas da Mafalda para presentear, deve fazê-lo na Livraria El Ateneo. A livraria é linda, bastante completa e tem um café dentro, que fica bem no palco do antigo teatro. Segundo o Jornal Inglês The Guardian ela é a segunda livraria mais linda do mundo. Fica na Av. Santa Fé,1860. Ah, compre livros em Espanhol. Pois o espanhol por si só, já é pura poesia. =)

Livraria El Ateneo - Foto - Reprodução - Marcia Cl

Visitar pontos turísticos.

 Eu não vou descrever aqui sobre todos os pontos turísticos, porque são muitos. E vários blogs já o fizeram. Alguns dos mais famosos são: Casa Rosada, Cemitério da Recoleta, Cabildo, Plaza de Mayo, Jardim Japonês, Rosedal, Planetário, Teatro Cólon (divino), Catedral, Bosques de Palermo, Floralis, Museus e vários outros.
  Provavelmente você já escolheu alguns. Se você assistir aos meus vlogs no youtube terá uma  ideia de alguns lugares. Alguns eu já havia citado antes no texto. O Caminito, feirinha de San Telmo, Recoleta e Casa Rosada penso que seja uma obrigação.  Posso confessar uma coisa? O Caminito, em minha opinião, é aquele lugar que você vai uma vez só e pronto, missão cumprida! (Me julguem
 Se você achou estranho eu citar o cemitério da Recoleta, (que pode ser feito no domingo à tarde naquele circuito que eu sugeri acima) saiba que é um programa legal, sim. Parece meio trash, mas não é. Lá estão sepultadas diversas personalidades importantes da historia da Argentina e alguns mausoléus são obras de arte. Lá também está enterrada a conhecidíssima Evita Peron, num túmulo bem discretinho e pequeno comparado a toda sua importância para os Argentinos. O cemitério oferece uma visita guiada que é super legal, uma aula de história.

Ônibus Turístico de Buenos Aires
 Visitar todos os pontos turísticos seria impossível numa única viagem, exceto se você ficar pelo menos um mês. Caso você não faça o city tour  guiado com o taxista (como recomendei) sugiro que você pegue o bus turístico. Assim, poderá passear por diversos pontos ouvindo o áudio em português e escolher onde quer descer. 

 Para finalizar, a ultima dica que dou é: Divirta se! Utilize os aplicativos tripadvisor ou foursquare para descobrir qual a boa do momento. Aproveite a noite animada de Palermo e peça vinho no lugar de cerveja nos restaurantes. Seja simpático com os Argentinos, eles nos recebem muito bem. O que nos faz ter vergonha de como Brasileiro é preconceituoso ao receber nossos hermanos. Não se esqueça da propina, ela muitas vezes não vem incluída na conta. Verifique, pois é de bom tom dar os 10% ou mais, aí dependerá do atendimento e da sua conta bancária. Tire muitas fotos, aproveite a arquitetura que relembra Paris em muitos bairros, especialmente na Recoleta (Minha queridinha). Não ria dos sapatos e do jeito que as meninas se vestem. Ah, os homens lá dão show. Eles se vestem muito melhores que as argentinas e são bem bonitos, especialmente no inverno. Tire muitas fotos, coma bem, passeie, compre recuerdos para os amigos na Calle Florida e depois mande me um email contando da viagem, ok!?

Por hoje é só conectados, não deixem de falar comigo aqui ou nas redes sociais: @gui_da1up. Volto rapidinho, se Deus quiser e ele há de querer.  
Besos

7 comentários:

  1. Gui, amo de paixão essa livraria "O ateneu". Quando você for de novo, se ainda não conhece, dá um pulo na cefeteria Bonjour Paris que fica na Calle Uruguay, no bairro da recoleta. É um charme e tudo muito gostoso, essas cafeterias em estilo Francês que a gente ama. Tem duas unidades, uma ao lado da outra. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi sua linda! Já anotei sua dica para eu voltar e conhecer essa cafeteria! Beijos e obrigada por visitar o blog!

      Excluir
  2. Oiee Gui, vou com o Rafa mês que vem para Buenos Aies e estava dando uma conferidinha nas suas dicas e já passei o link para ele hehe
    Será minha primeira visita à cidade.

    Bjos
    Fran

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fran, que sensacional! Ainnn q vontade de ir junto hahahaha Veja aos vídeos, tem bastante coisa nos vídeos! E se precisar de taxista não se esqueça de combinar tudo com o Gustavo, meu taxista lá... querido! No ano passado usamos os serviços dele novamente! Beijos

      Excluir
  3. Oi Fran, que sensacional! Ainnn q vontade de ir junto hahahaha Veja aos vídeos, tem bastante coisa nos vídeos! E se precisar de taxista não se esqueça de combinar tudo com o Gustavo, meu taxista lá... querido! No ano passado usamos os serviços dele novamente! Beijos

    ResponderExcluir
  4. Tem tantas coisas imperdiveis por lá, fiquei 11 dias e teve coisas e lugares que não consegui fazer ou ir. Imperdivel em Buenos Aires é o espetaculo Fuerza Bruta, TOP da minha lista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luanna, conte mais desse espetáculo. Não conheço e quero voltar lá esse ano, rss! Beijos e obrigada por sua visita!

      Excluir

 
© Café da Alice - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thay Atallah.
Tecnologia do Blogger.