sexta-feira, 26 de junho de 2015

Fomê no Camelódromo em Balneário Camboriú. Lugares que Dão Up.

Oi Conectados,

Estou aqui, agora com mais frequência, como prometido, para falar de lugares legais, Up seja lá por qual motivo.  Eu já postei sobre o Camelódromo de Balneário Camboriu em outras vezes, mas penso que sempre vale à pena citá-lo. 

O camelódromo, conhecido por alguns como ferinha ou paraguaizinho, está sempre dando um upgrade. =)
Há alguns sábados conheci o Fomê, uma lancheria/cafeteria bem bacana que fica ali na área de alimentação do camelô. Já que no post passado falei do Café do SESC, que está na mesma região (praticamente mesma rua), hoje falo desse vizinho legal (Fomê), que está localizado no camelódromo.

Na primeira vez que estive lá, era dia e estava chovendo, como verão no vídeo. Para tirar a prova se era bom mesmo,( rssss ) voltei numa outra noite, muito friaaaa, para experimentar os cafés.  O lugar realmente agrada. Pequeno, bonito, decoração cool e lanches gostosos.



Assim como em São Paulo, no camelô é comum que a galera coma o churrasquinho grego.  Apesar do nome, esse que comemos no Brasil, não foi inventado pelos gregos. Alguns dizem que alguém copiou a forma de assar a carne, utilizando o mesmo tipo de equipamento dos gregos, e deu um up; outros dizem que Garibaldi o inventou utilizando churrasquinho de gato para alimentar sua tropa.... Enfim, isso é assunto para um outro post, rs. 


O que importa aqui é que o "churrasquinho grego" é uma especie de carne picadinha assada num espeto giratório e servida no pão francês. Não sei se o do Fomê é feito no espeto ou não. Isso não importa, rs. Mas, é um tipo de churrasquinho no pão, e no cardápio do Fomê aparece como: grego e suas variações. 



Escolhemos o fomê grego, nas versões: completo e o grego com queijo. Para acompanhar pedimos uma porção de batata frita com bacon bem picadinho. Pensa numa porção generosa! Não demos conta, em 4.



O lugar está recomendado pelo trip advisor e eles ostentam isso numa placa. Funciona, foi o que me fisgou para entrar, rsss. Comer no Fomê vale à pena, sem dúvidas! Tem bom atendimento, os lanches saem rapidamente e os preços são justos.  Um grego com suco de laranja já mataria minha fome tranquilamente.





Na segunda vez, fomos decididos a experimentar os combos de cafés. Pedi um cappuccino com bauru no pão integral. O lanche era gigante, novamente não dei conta, rs. E o valor do bauru era apenas R$ 6,00. Onde que em BC dá para comer bauro gigante no pão integral por 6 reales, gente?


As bebidas foram: Coca Cola, Cappuccino tradicional, Cappuccino Mocha e Chocolate Quente. Os cafés são de cafeteira elétrica, desses que tem em vários lugares, então ele são mais bonitos do que gostosos. Porém, não decepcionam. Ah, as fotos desse post estão todas sem filtro.;)




Quando fomos à noite, cada um pediu um prato diferente. Eu queria ter experimentado a sopa, que no dia era de brócolis e bacon. Mas, acabou ficando pra próxima. Os pratos foram: grego completo, bauru de pão integral, hambúrguer com fritas e um outro lanche que não me lembro. Porém, o eleito da noite foi o hambúrguer. Para quem gosta de cebola, ele tinha um gostinho bem gourmet! 




Se você quiser ter uma boa refeição na média de R$15,00 pode escolher o Fomê no Camelódromo em BC. Garanto que não vai se arrepender. Cardápio bem abrangente e lugar bacaninha mesmo.Nas mesas encontramos diversos tipos de livros legais para apreciar enquanto se espera pelo prato. Achei fantástica a ideia.




Deixo o vídeo bem aqui abaixo, de uma dessas visitas, para vocês. É só clicar no título da foto. Não reparem, por favor, na cara de boacha pós chuva, rss Se gostarem cliquem no joinha pra mim, lá no youtube. =)

                          Vlog Fomê - Camelódromo


Se você gostou dessa dica, fique de olho aqui no blog, no youtube, fanpage e no instagram: gui_da1up. 

Beijos e até a próxima.

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Café da Alice - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thay Atallah.
Tecnologia do Blogger.