segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Balneário Camboriú e sua gastronomia! Restaurante Chez Viktor

Oiiii genteeeeeeeeeeeee!

Estou de volta!!

Ainda não terminei a mudança e a mini reforma, mas já dá para me sentar em frente ao computador. Ufa! 

Tem muita coisa para ser contada, mas vou tentar começar pelo mais recente. À medida que for me organizando coloco tudo aqui.


Sábado passado, estava procurando um lugar para almoçar entre a Av. Brasil e Terceira Avenida, na região mais Sul de Balneário Camboriu. Eu gosto muito de fugir dos turísticos e procurar lugares alternativos. Balneário é mesmo surpreendente, pois sempre percebo locais novos e com algo diferente.



Caminhando pela Rua 3300 encontrei o Chez Vicktor. O lugar me pareceu tão interessante, que mesmo sem ver o menu fui logo entrando. Aberto em 2014, eu ainda não havia ouvido comentários. Entrei pela aparência, pelo layout do
ambiente.







Antes de mais nada, já peço desculpas pelas fotos nada profissionais. Como sempre, quando encontro algum lugar, por acaso, estou somente com meu humilde celular. 

Butttt.... O lugar é muito atraente. Na entrada, um deck bem bacana convida a uma refeição ao ar livre. Gostoso para observar o movimento da rua. E, diga -se de passagem, que a rua é fofa. Ao lado tem o Passeio San Miguel, um boulevard lindo. Lá, estão a pizza deck, a Kombina Feliche e outros. E quase na frente temos uma Charmosa Creparia. Um ponto gastronômico bem interessante da cidade.





O bistrô é lindo! A decoração é contemporânea, mas conta com toques clássicos. As paredes em tons de chumbo e o teto, todo projetado com placas e luminárias, realmente me chamaram atenção. No entanto, o que mais me encantou foi a tela grande, com moldura dourada reproduzindo um momento de descontração de 3 monges ou franciscanos. Aquele que aparece tocando violão é o pai do Chef. Apaixonante aquela tela! ;)



Foto - Instagram - Gui_da1up

Ah, o lugar tem um piano. Não perguntei se o piano é aberto às canjinhas dos clientes, rss Mas, lugares com piano sempre ganham um ponto a mais comigo.




A inspiração do buffet  é francesa, mas eles adaptaram ao gosto Brasileiro. Obviamente que não tem aquela fartura de carnes e massas dos buffets a quilo visto por aí. Porém, nós Brazucas temos que parar  de querer misturar um milhão de pratos. O cardápio é mais enxuto que a self- service, contudo mais rico. Rico no sentido que os nossos hermanos usam no Espanhol, pra dizer que algo é muito gostoso.










São diversos tipos de pratos, mas não parecem querer te tapear como em alguns lugares de buffet, com 4 tipos de macarrões ou 5 cortes diferentes da mesma carne, para que 1 milhão de travessas fiquem expostas. Dá pra entender? Rsss Eu diria que o menu me parece mais saudável, elegante e muito bem feito. 

O preço é um pouco mais alto porque a qualidade dos pratos também é alta. Em torno de R$ 60,00 o quilo. No sábado havia feijoada, frango grelhado, um peixe adorável e muitas outras delicias. Além de sobremesas divinas como cortesia. =D
Foto - Reprodução Facebook Chez Viktor


Como eu contei, fui na hora do almoço. Mas, o bistrô, à noite, trabalha com a la carte. Quero visitá-los já que a iluminação me parece dar um clima todo especial à noite. Com aquele piano, é esperar por um belo prato e boa música, num ambiente sofisticado e atrativo.


Amanhã eu volto! Bjss


1 comentários:

  1. Vou lá conhecer. Adorei a dica do vila café, lugar incrível. Você já foi no mov café? Continue com as dicas! Igor

    ResponderExcluir

 
© Histórias de uma Coffebooklover - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thay Atallah.
Tecnologia do Blogger.