terça-feira, 30 de setembro de 2014

Hey, Que tal Toledo na Espanha? Viajar para Toledo vai dar um UP nas suas férias.

Oiii gente,
Eu já comentei em alguma rede social, penso que foi no Instagram, que quero dividir o blog com gente que possa trazer mais ideias e informações que nos inspirem, que realmente tragam aquele Up naquilo em que sonhamos e queremos realizar.
 
 E, nessa ideia, a Ana Haddad, que mora na Espanha, (e está desvendando a Europa de ponta a ponta) aceitou ser nossa colaboradora de lá.

Ela vai trazer dicas preciosas para você começar a bolar sua próxima viagem de férias.  Será que é muito caro viajar pra lá?! Dá para sonhar? Dá pra realizar?? E ela escolheu começar por Toledo. Ah, os encantos de Toledo. Há quem diga que Toledo é a segunda Roma. Ela ainda conserva a herança recebida da história de muçulmanos, judeus e cristãos. E é preciso dizer que as três religiões destacam se na  prosperidade e no convívio pacífico. Obaaaa! 
Vamos ao post ... =)))
 
 
 
 
 Minha tia, Gui (embora muito nova para ser chamada assim, hahaha), me convidou pra participar de uma maneira no “blog”, então, depois de dar uma revirada em fotos não tão antigas assim, resolvi começar a falar de Toledo - meu primeiro destino em um “mochilinho” pela Espanha.
 
 Contando um pouco sobre como tudo comecou: Vivo em Murcia, e este é meu segundo intercâmbio, estudo arquitetura e sou apaixonada pela Espanha! O país mais quente e acolhedor pode surpreender até mesmo aqueles que nunca o imaginaram como destino de viagem.
 
 O verão europeu começa em Junho e dura até Setembro, pelo menos na Espanha, Italia e Portugal: o clima é ameno e agradável para viajar! Pois bem, entramos de férias por aqui, e botamos o pé na estrada!
 
 
Toledo, uma cidade que embora muito simbólica, é relativamente pequena! (Mas não se preocupe! Há estrutura e simpatia para receber muita gente!)
 

¿Cómo llego a Toledo?

 
   Se você vem do Brasil. É preciso chegar primeiro em Madri. Passagens de SP com destino à Madri, ida e volta, custam aproximadamente 600 €. Um bom lugar para pesquisar preços é no skyscanner.
 
Como vivo por essas bandas, pegamos um ônibus e chegamos até Madrid - Estacion Sur. Fomos diretamente a Toledo, mas o translado até lá era feito desde a Estación de Autobuses Plaza Elipitca.
       Os bilhetes de ida e volta Madrid/Toledo custaram 10,86 € e compramos a ida com horário fixo, e para a volta, passagem aberta.
 
Sobre as passagens é importante lembrar que a opção de ida/volta aberta não custa mais que as passagens normais. Mas, é necessário que, com alguma antecedência, se marque a data e horário da volta, no GUICHÊ!
 
 Os horários de Madrid a Toledo são muitos! (Empresa Murcia-Madrid e Madrid-Toledo: alsa)

 

¿Dónde me quedo en Toledo?


 Toledo recebe muitos visitantes por sua proximidade a Madrid, e então por sites como www.hostelworld.com e www.booking.com você pode reservar seu locar de estada, levando em conta conforto, preço, localização e até classificações de outros hóspedes.
 
Estávamos em seis pessoas, e desta maneira optamos por um quarto para todos, com banheiro exclusivo. (A alternativa de hostel ou “albergue” se encaixa bem para viajantes “avulsos” ou em grupo, pois as reservas são feitas por camas!)

Nossa estada foi no “Oasis”, cujo preço e qualidade estavam, a nosso ver, muito bons! (E isso, graças a Deus, é muito comum aqui na Espanha: baixo custo, muita atenção e qualidade!)



 Como já havia dito, a cidade é pequena! Nosso primeiro destino foi
desbravado em dois dias sem NADA de planejamento: um mapa na mão e pernas fortes!

  Tem muito encanto assim, de graça, “por la calle”! Minha dica é andar e desbravar as belezas judias, árabes e espanholas, oferecidas pela cidade!


 
Toledo além de lembrar os castelos de grandes reis e cavalarias, também é muito marcada pelo pintor El Greco e pelo escritor espanhol Miguel de Cervantes! Ah, não conhece?! O pintor teve sua casa na área baixa da cidade, e Cervantes fez os ilustres Don Quixote e seu companheiro Sancho Pança passarem em suas aventuras por ali!


 
    A casa de El Greco hoje é um museu, que não nos custou nada! Recomendo àqueles que gostam de arte ou arquitetura, já que a própria casa tem seus encantos e um toque de influencia muçulmana!
   
  Para comer barato, como “viajeiro”, voce pode recorrer ao (nada) bom e velho fast food, mas a verdade é que este país maravilhoso oferece as “tapas”, ou seja, uma porçaozinha de algum prato típico (paella, tortilla, ensaladilla) por cerca de 3 € (o mesmo que gastaríamos em um hamburguer! hahaha).
 

 
 
   Ainda tá com fome depois de comer a sua tapa? Procure por menus completos! Os “platos del dia” podem chegar a 12€ com muuuuuita comida.. basta perguntar ao “camarero” (garçom) se “se puede compartir”!  Ah, e em Toledo não deixe de provar o Mazipán, um biscoitinho muito gostoso, vendido em qualquer padaria da cidade! Mas cuidado, próximo aos pontos turísticos TUDO tica mais caro, né! (exagerando, vc gastaria 5€ com esse mimo de viagem!


 


   Uma coisa que entendi depois de um tempo batendo perna foi que a companhia é tudo em uma viagem! (ok, ok, viajar sozinho também é ótimo!) Mas depois de um longo dia, nos esforçamos um cadinho mais e chegamos ao rio, e lá, o espetáculo do por do sol Espanhol! Pra renovar as energias e voltar pro hostel (ok, não é seu lar, mas.. hahahhaha) e começar o dia outra vez com mto gás!




 
 
Se você gostou desse post fale conosco.
Pode deixar um recadinho aí embaixo ou nos enviar um email:
guidaumup@gmail.com
Instagram: gui_e_ascoisasquedaoup
 


 

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Café da Alice - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thay Atallah.
Tecnologia do Blogger.